Este artigo foi produzido pelo oncologista Prof. Dr. Renato Santos.

O sucesso da prevenção de câncer se baseia na detecção precoce (prevenção secundária) e na mudança de hábitos pessoais, procurando eliminar fatores causais do câncer (prevenção primária).

A utilização de medicamentos em pacientes sem doença, porém de alto risco para desenvolver câncer, conhecida como quimioprevenção e a oncogenética estão em franco desenvolvimento. Mas, o que é mais seguro e mais factível hoje é a detecção precoce de câncer. Através dos históricos pessoais e familiares é possível selecionar pessoas de maior risco e que se beneficiarão de uma avaliação clínica direcionada com indicação de exames para diagnóstico precoce adequados.

Estudos publicados pelo Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos mostram que o rastreamento de populações de risco aumenta o diagnóstico de tumores em fases subclínicas (ainda sem sintomas), e um ganho de sobrevida em relação à população geral.

No Brasil, os cânceres de maior incidência e em que os pacientes se beneficiam do diagnóstico precoce são: câncer de pele, de mama, de próstata, de estômago, de cólon e reto e de colo uterino.
Quem já acompanhou de uma forma ou de outra o tratamento de alguém com câncer avançado sabe o quanto isto custa do ponto de vista econômico, emocional e de qualidade de vida. Sem dúvida alguma, a melhor forma de combater o câncer é através de sua prevenção e detecção precoce, o que permite tratamentos mais simples e curativos.

Seguem algumas dicas:

– Pare de fumar! Esta é a regra mais importante para prevenir o câncer.

– Uma dieta alimentar saudável pode reduzir as chances de câncer em pelo menos 40%. Coma mais frutas, legumes, cereais e menos carnes e alimentos gordurosos. Prefira alimentos frescos aos em conserva. A obesidade é responsável por cerca de 1/3 dos cânceres.

– Procure abrir mão totalmente ou limitar a ingestão de bebidas alcoólicas.

– Incorpore a prática de exercícios físicos à sua rotina diária – andar, subir escadas, fazer caminhadas.

– A mulher deve fazer um auto-exame das mamas todo mês. Com 35 anos de idade deverá fazer sua primeira mamografia que será usada para comparações com os futuros exames.

– A mulher a partir dos 20 anos deve ou do início da vida sexual deverá iniciar exame preventivo do colo do útero (Papanicolaou, Colposcopia).

– O homem deverá fazer um auto-exame dos testículos todo mês e fazer avaliação da próstata a partir dos 40 anos.

– Não tome sol das 10:00 às 16:00H e evite exposição prolongada ao mesmo. Utilize protetor solar e dê preferência à proteção mecânica (sombra).

– Faça regularmente um auto-exame da boca e da pele.

– Faça avaliação médica anual e participe de programa de oncologia preventiva.

Compartilhe

Facebooktwittergoogle_plusmailFacebooktwittergoogle_plusmail

Temas