Histerectomia: tira suas dúvida e entenda sobre a remoção do útero

Histerectomia: tira suas dúvida e entenda sobre a remoção do útero

Ginecologista esclarece dúvidas sobre remoção de útero  Estima-se que, no Brasil, entre 200 e 300 mil mulheres perdem seus úteros por ano, com a taxa de mortalidade chegando a três óbitos a cada mil cirurgias realizadas. 60 a 70 % destas cirurgias são feitas por conta de miomas grandes que geram diversas complicações e sangramentos. Os números são alarmantes e merecem atenção, pois cerca de 50% das mulheres têm ou terão miomas em algum estágio da vida.  Em mais de um terço Continue lendo…

Na Semana Mundial da Amamentação, ginecologista reafirma importância da “Golden Hour”

Na Semana Mundial da Amamentação, ginecologista reafirma importância da “Golden Hour”

Por Dr. Claudio Basbaum*, ginecologista e obstetra Parto Leboyer permite amamentação imediata do bebê O processo do nascimento é um evento perturbador para o ser que está vindo à luz. O bebê, tímido e cansado “viajante”, ingressa em um mundo muito diferente da antiga realidade líquida intra-uterina e começa a viver sua grande aventura. A consciência da importância desse instante para toda a vida de um ser humano está presente em mim há muito tempo. Em Continue lendo…

Música clássica: deliciosa experiência com um bebê

Nascido em 25 de janeiro desse ano. Com sete dias de vida, André chorava e o pai, para acalma-lo colocou o bebê em cima de um piano, onde a mãe Juliana D’Agostini – uma pianista clássica – executou uma melodia de Chopin. Apesar de ter poucos dias de vida, André – mais um neto de Elis Regina – parecia conhecer aquele Noturno de Chopin. ” Acho que já estava na memória”, diz ela. Faz sentido. Continue lendo…

Parto humanizado começa já na descoberta da gravidez; entenda os motivos

Parto humanizado começa já na descoberta da gravidez; entenda os motivos

O Brasil é o líder mundial de cesáreas. Elas representam mais da metade dos três milhões de partos realizados anualmente no país, em torno de 55%, segundo o último levantamento do IBGE. O índice é mais de três vezes acima dos 15% recomendados pela OMS. Mesmo entre os partos normais há um alto índice de medicalização, o que torna a experiência do parto um sofrimento para o bebê. Uma situação bem diferente do que acontece Continue lendo…

Parto na penumbra proporciona benefícios para a mãe e o bebê

Possibilitar que o bebê venha ao mundo em um ambiente com baixa luminosidade é mais tranquilo para a gestante. O nascimento pode e deve, sempre que possível e sem criar riscos, acontecer da maneira que uma mulher deseje, tanto do ponto de vista físico quanto emocional. O ambiente deverá ter, sem dúvida, todo suporte técnico e vigilância, mas a atmosfera deverá ser segura, “familiar”, calorosa, carinhosa e alegre. O nascimento é uma vivência única e Continue lendo…

Doutor Cegonha: saiba quem é o ginecologista e obstetra que ganhou o apelido de uma estrela da MPB

A década de 70 testemunhou a chegada no Brasil do Parto Leboyer. Trazido pelo ginecologista e obstetra Claudio Basbaum que aprendeu a técnica com o próprio Frédérik Leboyer. O médico francês defendia métodos naturais para não agredir o bebê na hora do nascimento e permitir o encontro de mãe e filho logo após o parto. A nova técnica chamou a atenção de Elis Regina que tinha realizado um parto cesárea no nascimento do primeiro filho, Continue lendo…