Selecionamos e respondemos algumas perguntas que podem ajudar você a saber um pouco mais sobre o momento mais esperado da gestação: o parto.

Tudo o que você precisa saber…

2010_03_gestante_mini

1. O que é parto de cócoras?

O parto de cócoras é tão antigo quanto a humanidade. Ele ocorre na posição agaixada, que é muito mais cômoda, funcional e rápida do que a deitada. Seria a postura mais desejável para a mãe e para o bebê. Contudo, a mulher moderna, despreparada para acomodar-se nesta posição, precisa ser ensinada e conddicionada para dar à luz desta forma tão prática e confortável.

2. O que é Parto Leboyer?

Na década de 1970, o obstetra francês Frederic Leboyer questionava se a experiência de nascer era boa. Tendo experimentado sensações de seu próprio nascimento através de técnicas de regressões às quais se submeteu na Índia, deciciu, ao voltar para Paris, mudar radicalmente alguns hábitos. Criou, então, ä cerimônia do nascimento”, divulgada através de sua obra “Pour une naissance sans violence”, que no Brasil foi publicada sob o título de “Nascer sorrindo”. Em um clima de paz, silêncio e penumbra, acolhe-se o “viajante cansado” com toda a reerência e carinho, oferecendo-o, em seguida, para os braços e o seio da mãe onde, então, se aconchegava. O recém-nascido é poupado do “terror” da intensidade dos primeiros estímulosm permitindo que pouco a pouco se adapte às suas novas condições de vida. Ele pode mamar, dormir ou até mesmo chorar; porém, está sempre acalentado pelo afeto da mãe, o que logo o tranqüiliza. Somente após alguns momentos é que o obstetra e papai levam o bebê para uma pequena banheira com água morna para que ele complete seu relaxamento antes de ser levado para o berço.

3. No parto na água, o bebê não se afoga?

O parto na água foi um modismo divulgado por obstetras russos há cerca de 30 anos. Não se tem notícias de risco de afogamento, uma vez que o argumento dado é de que o bebê só daria a primeira inspiração após sair do líquido.

4. Em que momento deve-se optar pela cesárea?

Quando existem riscos para a mãe ou para o bebê. Certas doenças que eventualmente ocorreram durante a gestação, como diabetes e pressão alta, podem exigir uma cesariana para antecipar o parto. Também em casos de descolamento da placenta ou quando o bebê mostra sinais de sofrimento durante o trabalho de parto em função de repercussões sobre sua oxigenação o parto cirúrgico (cesárea) se impõe e em caráter de urgência.

5. Devo fazer a raspagem dos pêlos pubianos em todos os tipos de parto?

Apenas a cesárea requer a raspagem para facilitar a incisão, embora não seja necessária a depilação total (tricotomia). Por uma questão estética e de facilidade de higienização, pode ser recomendável uma depilação parcial.

Compartilhe

Facebooktwittergoogle_plusmailFacebooktwittergoogle_plusmail

Temas